Como escolher o óculos ideal

Glam, Tendências

Há cerca de um mês, tenho tido a oportunidade de acompanhar meu amigo Fernando Prensato – que já virou meu consultor ótico – em seu novo negócio. A UZI Óticas na cidade de Itapira. Ele já é do ramo há mais de 6 anos mas só neste ano teve a oportunidade de entrar no hall dos “Jovens Empreendedores” em seu negócio próprio.
Bom, quem me conhece sabe que AMO um acessório. Um copo de água e um acessório novo a gente não nega nessa vida, não é? E mais do que ter um óculos desejo e tendência é ele estar de acordo com seu rosto. O que não é o que acontece quando vemos algumas pessoas com óculos por aí.

Então logo tomei nota de algumas diquinhas específicas na hora de escolher seu óculos e arrasar neste e em todos os verões que virão!

Slide5

 

Quando o assunto é ÓCULOS, o ideal é experimentar vários modelos, ao invés de comprar porque parecia bonito em uma amiga ou na vitrine. Não se deve comprar óculos com pressa. É preciso entender o que se está comprando. Para não errar, há cinco pontos fundamentais que devem ser considerados na hora da compra.
A pupila deve estar centralizada no desenho da armação, como se fosse um alvo.
O apoio no nariz deve ficar confortável e encaixar bem, sem marcar a pele, o que ocorre quando o tamanho não está certo. Há dois tipos de apoio, os de metal, com as plaquetinhas, e os de acetato. Quanto maior a área de apoio no nariz, melhor, pois divide o peso.
A armação deve sobrepor a parte inferior aos olhos, de forma a disfarçar as olheiras.
As sobrancelhas devem acompanhar o formato da armação. Os óculos não devem ultrapassá-las, ou seja, as sobrancelhas não podem ficar dentro da lente. Delinear é o ideal. Se a sobrancelha é arredondada, a armação também deve ser. Não deve haver espaço entre a sobrancelha e os óculos.

As hastes devem apenas se apoiar nas têmporas, sem pressioná-las, o que significa que os óculos não devem ser apertados. Em alguns casos, vincos se formam por conta disso. Elas também devem ficar bem ajustadas atrás da orelha, de forma que os óculos não fiquem nem frouxos nem apertados. Uma dica é passar sempre na ótica para manter as hastes sempre alinhadas, de maneira que os óculos não fiquem tortos.

O formato do rosto também deve ser considerado na hora de se comprar óculos.
São quatro os tipos principais: redondo, quadrado, triangular e oval. Quem tem a face quadrada deve apostar em óculos arredondados e ovalados, os menos angulares possíveis. Já quem tem rosto redondo fica bem com armações retangulares e quadradas. O rosto oval é o mais fácil de combinar: valem tanto os formatos arredondados quanto os retangulares. No caso dos rostos triangulares, com pouco queixo, os modelos mais adequados são os tipo aviador e mais ovalados embaixo, para preencher o espaço.

prestando bem atenção nestas diquinhas é bem difícil errar na hora de escolher um modelo bacana.

 

 

Anna Glam
Ariana convicta, Relações Públicas pela PUC-Campinas. O tempo dedicado ao blog é dividido com meus clientes de Designer de Sobrancelhas e Maquiagem do C.Kamura Campinas e em meu próprio salão Anna Glam em Amparo. Maquiadora pelo Liceu de Maquiagem de São Paulo e fascinada por moda, também sou blogueira da Revista Caras Brasil onde divido e compartilho muitas outras novidades. Amo tecnologia e assuntos aleatórios como: viagem, decoração, comportamento e também sobre o mundo fitness. Formiguinha de plantão, curiosa como nunca, estou sempre conectada em tudo ao meu redor.
1 Comentário
22 de novembro de 2013
  1 comentário  
  1. Marina

    Até que enfim alguém explicou direito como escolher um óculos!! Haha
    Adorei o post! Beijos!

  Deixe seu comentário  
Instagram      @annaglam